layout: post title: Tudo o que eu tenho é amor tags:

  • Amarelo
  • Emicida —>Vejo a vida passar num instante

Será tempo o bastante que tenho pra viver?

Não sei, não posso saber

Quem segura o dia de amanhã na mão?

Não há quem possa acrescentar um milímetro a cada estação

Então, será tudo em vão? Banal?

Sem razão?

Seria.

Sim, seria se não fosse o amor

O amor cuida com carinho, respira o outro, cria o elo

No vínculo de todas as cores dizem que o amor é amarelo

É certo na incerteza

Socorro no meio da correnteza

Tão simples como um grão de areia Confunde os poderosos a cada momento

Amor é decisão, atitude

Muito mais que sentimento

Além de fogueira amanhecer

O amor perdoa o imperdoável

Resgata dignidade do ser

É espiritual

Tão carnal quanto angelical

Não tá num dogma, ou preso numa religião

É tão antigo quanto a eternidade

Amor é espiritualidade Latente, potente, preto, poesia

Um ombro na noite quieta

Um colo para começar o dia

Filho, abrace sua mãe

Pai, perdoe seu filho

Pais é reparação, fruto de paz

Paz não se constrói com tiro

Mas eu o miro, de frente, na minha fragilidade

Eu não tenho a bolha da proteção

Queria guardar tudo que amo

Num castelo da minha imaginação

Mas eu vejo a vida passar num instante

Será tempo o bastante que tenho para viver?

Eu não sei, eu não posso saber

Mas enquanto houver amor

Eu mudarei o curso da vida

Farei um altar para comunhão

Nele eu serei um com um

Até ver o ubuntu da emancipação

Porque eu descobri o segredo que me faz humano

Já não está mais perdido o elo

O amor é o segredo de tudo

E eu pinto tudo em amarelo Emicida @ AmarElo — Principia part. Pastor Henrique Vieira, Fabiana Cozza, Pastoras do Rosário[embed]https://www.youtube.com/watch?v=kjggvv0xM8Q[/embed]