layout: post title: Quando começaram as vendas pela internet? tags:

  • Compras
  • Internet
  • Maconha
  • Pizza
  • Traduções Inúteis —Traduzido piratamente do link da Fast Company (compartilhado pela Andressano Twitter).** ###Você nunca vai adivinhar qual foi a primeira coisa vendida na Internet. O comércio on-line, seguro e criptografado, começou com a venda de maconha em Stanford? Compras de supermercado? De pizza? Não.POR MICHAEL GROTHAUSChegou a época do ano em que a função principal da Internet passa de uma ferramenta de comunicação, ou coleta de informações, para uma ferramenta de compras. E este ano estaremos comprando online — e gastando mais do que nunca, de acordo com a previsão de compras natalinas da Adobe. Começando com a Black Friday e continuando até a véspera de Natal, a projeção é de que gastaremos US$ 83 bilhões com a compra de produtos on-line nesta temporada de festas, com apenas US$ 3 bilhões gastos na Cyber Monday.Esses dólares serão gastos em tudo, desde iPhones à torres de arranhar para gatos, na medida em que compramos mais e mais coisas através das nossas telas no conforto do lar, usando pijamas e perto de um prato de sobras do jantar passada. Mas qual foi a primeira transação on-line criptografada real?Um novo vídeo feito pela Shopify, uma empresa de software de comércio eletrônico, investiga esse pedaço da história da Internet para rastrear a primeira transação oficial de comércio eletrônico. A trilha começa na ARPANET, com um acordo de 1971 entre estudantes de ciência da computação em Stanford e no MIT para comprar maconha. Mas, explica o narrador, essa transação tecnicamente não contava porque o dinheiro não era trocado on-line: eles usavam a rede apenas para marcar um ponto de encontro.Em seguida, a trilha leva a 1984, quando uma avó britânica de 74 anos chamada Jane Snowball usou um videotex- essencialmente uma TV conectada a linhas telefônicas — para pedir provisões em sua mercearia local: margarina, ovos, flocos de milho. No entanto, as compras foram entregues em mão, e Snowball pagou por elas em dinheiro. Isso não é exatamente comércio eletrônico.A primeira verdadeira transação de comércio eletrônico não aconteceu até 1994, com o advento da Internet, como a conhecemos mais ou menos hoje. Embora a Pizza Hut geralmente receba crédito pela primeira transação de comércio eletrônico (eles começaram a vender pizzas on-line no final de agosto de 1994), o crédito real é para Dan Kohn, um empresário de 21 anos que administrava um site baseado em New Hampshire chamado NetMarket.Em 11 de agosto de 1994, Kohn vendeu um CD do álbum Ten Summoner’s Tales do String para um amigo na Filadélfia, que usou seu cartão de crédito para gastar US$ 12,48, mais os custos de postagem, em uma transação que, pela primeira vez na história, estava protegida por criptografia tecnologia.>“Mesmo que a NSA estivesse ouvindo, eles não conseguiam o número do cartão de crédito”, disse Kohn a Peter Lewis, doNew York Times , emum artigo no dia seguinte sobre oNetMarket — o que Lewis chamou de “um novo empreendimento equivalente a um shopping no ciberespaço. “ O site exigia que os clientes baixassem um navegador especial executado apenas no Unix, a fim de realizar transações seguras. Philip Zimmermann, criador do padrão de criptografia PGP em que o NetMarket confiava, disse ao Times que a tecnologia era um trampolim significativo para as moedas digitais. “Eu acho que é um passo importante no pioneirismo deste trabalho, mas mais tarde provavelmente veremos coisas mais interessantes no caminho do dinheiro digital … uma combinação de protocolos criptográficos que se comportam da maneira que os dólares reais se comportam, mas não são rastreáveis.”Nem todo mundo concorda com o marco do NetMarket. A Internet Shopping Network, que começou a vender equipamentos de informática on-line em 1994, venceu o NetMarket em cerca de um mês, disse o ex-CEO do site à CNet em 2004. (A Internet Shopping Network foi posteriormente adquirida pela Home Shopping Network, enquanto a NetMarket vive sob uma subsidiária da Cendant, empresa de hotéis e aluguel de carros.) E o CDconnection.com afirma em sua página inicial vender CDs on-line desde 1990.Enquanto isso, uma forma de compras on-line não seguras já estava acontecendo na Europa na década de 1980, graças a uma série de serviços baseados em terminais, como o Minitel da França e o Bildschirmtext da Alemanha, que ofereciam serviços bancários, preços das ações e relatórios meteorológicos, além de informações aéreas e bilhetes de trem. Nos EUA, os usuários iniciais da Internet poderiam usar serviços como Prodigy, CompuServe e AOL para realizar transações.Este ano, a empresa de pesquisa de mercado eMarketer projeta que os consumidores em todo o mundo gastarão US$ 1,672 trilhão on-line, um número que representa 7,3% das vendas globais do varejo global, que devem atingir US$ 22,82 trilhões em 2015.Mais de vinte anos depois, é irônico que o comércio eletrônico como o conhecemos hoje comece com um CD, um formato que o comércio eletrônico posteriormente dizimou, tornando-se o método de distribuição dominante -e desconfortável- para a música.Para um resumo parcial dessa longa e estranha viagem, “Prossiga para o check-out: a história inesperada de como o comércio eletrônico começou” vale a pena assistir: